Ted Cruz é ‘Lúcifer em carne e osso’, diz o ex-presidente da Câmara John Boehner

Boehner e Cruz entraram em confronto com a paralisação do governo e as lutas do Obamacare desde o momento em que Cruz assumiu sua cadeira no Senado em 2013 até quando Boehner deixou o cargo no ano passado

ted cruz, lúcifer, diabo, John Boehner, candidato presidencial republicano, candidato presidencial republicano ted cruz, candidato presidencial republicano, eleições nos EUA, eleições nos EUA de 2016, notícias mundiais, últimas notíciasJohn Boehner também comparou Ted Cruz (acima) ao diabo no mês passado em uma palestra perante lobistas e executivos do setor financeiro na Flórida. (Foto AP)

O ex-presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, John Boehner, chamou o candidato presidencial republicano Ted Cruz Lúcifer pessoalmente, em uma entrevista na Universidade de Stanford.

Lúcifer em carne e osso, disse Boehner a David Kennedy de Stanford, um professor emérito de história, de acordo com o Stanford Daily.

Boehner disse que estava trocando mensagens de texto com os outros dois candidatos republicanos; o favorito Donald Trump e o governador de Ohio, John Kasich, relataram a CNN.

O relato no jornal estudantil é correto, uma fonte próxima a Boehner confirmou na quinta-feira.

[postagem relacionada]

Em resposta, Cruz disse a repórteres que Boehner permitiu que seu Trump interno aparecesse.

O interessante é que nunca trabalhei com John Boehner, não conheço o homem, disse Cruz. De fato, durante o fechamento do governo, procurei John Boehner, para trabalhar com ele para fazer algo significativo. Ele disse: ‘Não tenho interesse em falar com você’.

Boehner e Cruz entraram em confronto com a paralisação do governo e as lutas do Obamacare desde o momento em que Cruz assumiu sua cadeira no Senado em 2013 até quando Boehner deixou o cargo no ano passado.

Quando John Boehner me chama de Lúcifer, ele está direcionando para você. Boehner está com raiva de mim ao lado do povo americano, acrescentou Cruz.

Boehner também comparou Cruz ao diabo no mês passado em uma palestra diante de lobistas e executivos do setor financeiro na Flórida.