Parênteses: por que você deve cozinhar com seu filho

Cooking apresenta às crianças conceitos científicos práticos. Isso os encoraja a experimentar, observar e chegar a conclusões com base em suas observações.

cozinhar com crianças, paternidadeFonte: Getty Images

Para o meu último aniversário, como presente de aniversário, os meninos planejaram e executaram uma refeição de três pratos completa com entrada, prato principal e sobremesa. Eles planejaram com bastante antecedência, pesquisando e discutindo receitas com o pai e os avós. Foram comprar ingredientes, desenharam e criaram um cardápio para a ocasião e, graças à Masterchef Austrália, até pensaram no chapeamento. Enquanto eu estava maravilhado com o amor e o esforço dedicados à refeição, não pude deixar de contemplar o aprendizado e as habilidades para a vida que eles adquiriram no processo.

Quando você permite que seu filho tenha acesso à sua cozinha, não apenas está transmitindo suas tradições e cultura, mas seu filho também está se desenvolvendo da maneira mais holística possível. A maioria dos chefs dirá que seu amor pela culinária começou na cozinha de sua infância, cozinhar com seus pais ou avós. Mas, mesmo que seu filho não cresça para se tornar um chef, há muitos benefícios em cozinhar com ele.

Desenvolve suas habilidades motoras finas

Rolar, descascar, picar, amassar, misturar e verter são ações que fortalecem o controle motor, a aderência e a estabilidade. Essas habilidades são úteis quando estão escrevendo, desenhando ou pintando. Tendo a segurança do seu filho em mente, escolha atividades adequadas à idade. Mas, mesmo uma criança pode ajudar na cozinha, desde que seja supervisionada. Meu filho de dois anos costumava me ajudar a descascar as ervilhas e a preparar a massa do bolo.

Leia | 3 receitas fáceis para levar as crianças para a cozinha

Ele desenvolve suas habilidades de linguagem e vocabulário

Quando você cozinha junto com seu filho, você está constantemente introduzindo um novo vocabulário. Seja listando ingredientes (substantivos) ou verbos de ação como derramar, misturar, moer, fatiar ou se você quiser ser chique .. juliana ou descrevendo a comida que você está cozinhando (adjetivos). A massa da panqueca precisa ser mais fofa. Cada palavra que você usa está sendo absorvida e armazenada no cérebro do seu filho para ser usada posteriormente.

Isso aprimora suas habilidades matemáticas

Cozinhar envolve muitos conceitos matemáticos como contagem, adição, multiplicação, proporções, frações e medição. Quantas xícaras de água precisamos? Dois copos. Se a receita diz dois ovos por pessoa e somos dois, de quantos ovos precisamos? Precisamos medir 100 ml de leite. Ele oferece ao seu filho excelentes oportunidades para a aplicação de conceitos matemáticos na vida real.

Ele os apresenta a conceitos científicos práticos

Isso os encoraja a experimentar, observar e chegar a conclusões com base em suas observações. O que acontece quando coloco manteiga em uma panela quente? O que acontece quando congelamos o suco na bandeja de gelo? Se eu misturar um ingrediente úmido e um ingrediente seco, o que acontece? O que acontece se eu tentar colocar glacê em um bolo quente?

Leia | Cozinhando com crianças: comece cedo

Além disso, melhora suas habilidades de compreensão de leitura e alfabetização

Quando as crianças lêem a receita, elas precisam entender claramente cada passo e seguir todas as instruções se quiserem que seu prato seja um sucesso. Isso os encoraja a desacelerar e ler cada palavra.

Além disso, melhora seu foco e atenção

Seguir e implementar uma receita do início ao fim não é fácil. Eles precisam permanecer na tarefa sem se distrair. O descuido e a perda de atenção podem causar acidentes na cozinha.

Ensina responsabilidade

Se o bolo estiver no forno, preciso continuar verificando para garantir que não queime. Se eu deixar cair a massa do bolo, preciso limpá-la. Então, eu tenho que ter cuidado ao segurar a tigela.

Ensina o fracasso

Ensina-os a aceitar o sucesso e o fracasso igualmente e a aprender com ambos. Às vezes, a mesma receita produz resultados diferentes. Isso nos permite analisar e considerar o que funcionou, o que deu errado e o que podemos fazer de maneira diferente na próxima vez. Uma habilidade fundamental para a vida que vai além de apenas cozinhar.

Melhora a criatividade deles

Embora cozinhar seja uma ciência, também é uma forma de arte. Depois que seu filho dominar o básico, brincar com as receitas ajudará a liberar sua criatividade e você pode até ficar deliciosamente surpreso com os resultados. Incentiva o trabalho em equipe, a comunicação e a colaboração. Quando há mais de uma pessoa na cozinha, elas aprendem a se comunicar, se revezam e seguem as instruções.

Isso os incentiva a experimentar novos alimentos

Comedores exigentes tendem a ser menos exigentes quando estão envolvidos no processo desde as compras até o cozimento. As crianças são aprendizes sensoriais. Quanto mais eles tocam, sentem e degustam, mais acostumados ficarão com os diferentes tipos de alimentos. Tem a vantagem adicional de ensinar o seu filho sobre nutrição desde cedo. É uma maneira fácil de discutir os benefícios para a saúde de frutas e vegetais, proteínas e laticínios e o valor que eles trazem para sua dieta.

Isso desenvolve sua autoconfiança e autoestima

Se eles podem criar um prato sozinhos, isso reforça sua crença em si mesmos. Esse sentimento de orgulho de ter feito isso ou posso fazer isso é uma ferramenta poderosa a ser explorada.

Acima de tudo, é uma grande oportunidade de criar laços familiares. É uma maneira divertida de passar algum tempo juntos e lhes ensina habilidades que serão úteis para o resto de suas vidas. E mesmo que eles não acabem cozinhando, eles definitivamente apreciarão o esforço necessário para colocar a refeição na mesa. Isso é uma vitória para todos.