Obama: ‘Sou cristão por opção’

Os ensinamentos de Jesus Cristo inspiraram o tipo de vida que eu gostaria de levar, diz o presidente dos Estados Unidos.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse hoje que é cristão por escolha própria, em comentários que aumentaram a importância de pesquisas recentes que mostram que muitos americanos pensam erroneamente que ele é muçulmano.

Sou cristão por opção, disse Obama em uma conversa de quintal com eleitores no Novo México, em resposta a uma pergunta de uma mulher que lhe perguntou por que ele seguia a fé.

Obama disse que não foi criado por uma família que freqüentemente ia à igreja, mas disse que aceitou o cristianismo tarde na vida, dizendo que foram os ensinamentos de Jesus Cristo que inspiraram o tipo de vida que eu gostaria de levar.

Eu acho que, também entendendo que Jesus Cristo morrendo por meus pecados falou sobre o tipo de humildade que todos nós devemos ter como seres humanos.

Mas Obama também disse que os Estados Unidos devem cumprir seus requisitos constitucionais para permitir a liberdade de todas as religiões, bem como oferecer um lar para ateus e agnósticos.

Uma pesquisa da revista Time em agosto revelou que 24% dos entrevistados disseram erroneamente que Obama é muçulmano.

Cerca de 18 por cento disseram o mesmo em um estudo do não-partidário Pew Forum on Religion and Public Life.

As pesquisas foram feitas no auge de uma controvérsia sobre os planos de construir um centro cultural muçulmano próximo ao local do Marco Zero do World Trade Center derrubado em Nova York.

Obama defendeu o direito dos muçulmanos de construir o centro, apesar de sua impopularidade tão perto do epicentro dos ataques de 11 de setembro de 2001.