Nova Zelândia: partido Maori lança petição para mudança de nome do país

O partido político indígena da Nova Zelândia pediu ao parlamento que altere oficialmente o nome do país para Aotearoa. A petição também visa 'restaurar os nomes Te Reo Maori originais para todas as vilas, cidades' até 2026.

Rawiri Waititi, co-líder do Te Pati Maori. (Twitter / Maori_Party)

O partido Maori da Nova Zelândia lançou na terça-feira uma petição em seu site para mudar oficialmente o nome do país para Aotearoa - uma reivindicação antiga do grupo indígena.

Aotearoa se traduz como terra da longa nuvem branca na língua Maori Te Reo e é freqüentemente usado como um nome para a nação insular do Pacífico.

Já passou da hora de o Te Reo Maori ser restaurado ao seu lugar de direito como a primeira língua oficial deste país. Somos um país polinésio, somos Aotearoa, disse Rawiri Waititi, co-líder do Te Pati Maori.

O partido indígena também pediu que o parlamento nacional identifique e restaure oficialmente os nomes Te Reo Maori originais para todas as cidades e lugares em todo o país até 2026.

Tangata Whenua [povos indígenas] estão fartos de nossos nomes ancestrais serem mutilados, bastardizados e ignorados. É o século 21, isso deve mudar, disse Waititi em um comunicado.

Os maoris são a maior minoria étnica, representando 16,5% da população.

Te Reo Maori se tornou uma língua oficial da Nova Zelândia em 1987, ao lado do inglês.

‘Sem credibilidade histórica’

O nome Aotearoa, no entanto, tem uma história contestada, até porque se acredita ter sido usado originalmente para se referir apenas à Ilha do Norte, e não ao país como um todo.

O ex-vice-primeiro-ministro da Nova Zelândia, Winston Peters, criticou a petição como um bulldust radical de esquerda.

Mudar o nome do nosso país e os nomes das cidades é apenas extremismo idiota, disse Peters, o líder do partido nacionalista New Zealand First.

Não estamos mudando para algum nome sem credibilidade histórica. Queremos nos manter na Nova Zelândia, ele tuitou.

No ano passado, a primeira-ministra Jacinda Ardern quase não apoiou uma proposta semelhante.

Eu ouço cada vez mais o uso de Aotearoa intercambiável com Nova Zelândia e isso é uma coisa positiva, ela disse em resposta a uma pergunta sobre o assunto, de acordo com o New Zealand Herald.

Ao longo dos anos, funcionários do governo e até mesmo algumas empresas usaram o Aotearoa alternadamente com ou ao lado da Nova Zelândia, inclusive em passaportes de cidadãos.

O nome Nova Zelândia vem da era colonial, quando cartógrafos holandeses a batizaram em homenagem à província mais ocidental de Zeeland.