Garota de 11 anos de origem indiana nos EUA vende senhas criptograficamente seguras

Mira Modi, uma estudante da sexta série em Nova York está vendendo senhas geradas por lançamentos de dados que são criptograficamente seguras

Uma menina de origem indiana da sexta série vende senhas seguras geradas por jogadas de dados (Fonte: Dicewarepasswords.com)Uma menina de origem indiana da sexta série vende senhas seguras geradas por jogadas de dados (Fonte: Dicewarepasswords.com)

Uma menina empreendedora de 11 anos de origem indiana nos Estados Unidos começou seu próprio negócio vendendo senhas criptograficamente seguras geradas por jogadas de dados.

Mira Modi, uma aluna da sexta série na cidade de Nova York, tem seu próprio site e gera senhas Diceware de seis palavras para seus clientes a US $ 2 cada.

Diceware é um sistema conhecido há décadas para criar senhas. Trata-se de lançar um dado como uma forma de gerar números aleatórios que correspondem a uma longa lista de palavras em inglês.



Essas palavras são então combinadas em uma string sem sentido que exibe verdadeira aleatoriedade e, portanto, é difícil de quebrar. Essas senhas têm se mostrado relativamente fáceis para os humanos memorizarem.

[postagem relacionada]

Todo esse conceito de criar suas próprias senhas e ser super seguro e outras coisas, não acho que meus amigos entendam isso, mas acho que é legal, disse Modi ao ‘Ars Technica’.

A mãe de Modi, Julia Angwin, uma jornalista veterana e autora de Dragnet Nation, contratou sua filha para gerar senhas de Diceware como parte da pesquisa para seu livro.

Foi então que Modi teve a ideia de transformá-la em um pequeno negócio.

Para cada pedido, Modi lança um dado físico e procura as palavras em uma cópia impressa da lista de palavras Diceware. Ela anota a string de senha correspondente em um pedaço de papel e o envia pelo correio ao cliente.

Eu acho que (boas senhas são) importantes. Agora que temos computadores tão bons, as pessoas podem invadir qualquer coisa com muito mais rapidez, disse Modi.